Um ano após queda de telhado, prédio da Escola Everaldo segue abandonado

 Um ano após queda de telhado, prédio da Escola Everaldo segue abandonado

Telhado desabou durante evento cultural na escola

Há exatamente um ano atrás – ou seja, no dia 12 de janeiro de 2019, o telhado de um dos corredores da Escola Estadual Everaldo Vasconcelos desabou, ferindo pelo menos sete crianças e adolescentes. 
De lá para cá nem uma obra de reforma foi iniciada pelo Governo do Estado e o prédio (localizado no bairro Paraíso, área norte de Santana) segue abandonado, sofrendo saques e se deteriorando pela ação do tempo. 
Em nota, no dia seguinte ao acidente, a Secretaria de Educação (Seed) informou que a escola já estaria contemplada em um cronograma de manutenção predial e que no dia 22 de janeiro já começariam os reparos necessários. Mas nada disso foi cumprido. 
Para encerrar o ano letivo de 2018, os alunos, professores e demais funcionários foram transferidos para as dependências da Escola São Bento, com a promessa de iniciarem o ano letivo de 2019 na própria Escola Everaldo. 

Mais uma promessa não cumprida, pois os alunos do Ensino Fundamental foram alocados na Escola Técnica de Pesca (no Distrito Industrial) e os do Ensino Médio foram para o prédio da Escola Barroso Tostes, no centro da cidade. 

De acordo com a professora Marcione Pantoja, diretora do estabelecimento, existe nova promessa para que a escola funcione no ano letivo de 2020 na quadra esportiva, onde poderão ser construídas salas de aulas provisórias, até que realizem a reconstrução do colégio. 
“A Seinf concluiu o projeto arquitetônico da nova escola, e segundo eles, no momento, estão aguardando a conclusão da planilha orçamentária para licitar e iniciar a obra. Mas infelizmente não há prazo para isso acontecer”, explicou a gestora.
Comentar no Facebook !

Notícias Relacionadas