SAÚDE MENTAL, DEPRESSÃO E PREVENÇÃO AO SUICÍDIO SÃO TEMAS ABORDADOS COM PROFESSORES

0 33

Com o objetivo de levar conhecimento e sensibilizar cada vez mais pais, professores, alunos, servidores das escolas municipais e a comunidade sobre a importância da saúde emocional e afetiva de criança e adolescentes, a Divisão de Saúde do Educando da Secretaria Municipal de Educação (Dise/Semed) intensifica o cronograma de ações de Saúde Integrativa nas escolas. São palestras, oficinas, orientações e rodas de conversas.

No fim de semana, a equipe realizou mais uma ação. Desta vez, para profissionais da Escola Municipal Maria José dos Santos Ferreira, no bairro Araxá, com palestra educativa, onde foram discutidos temas como saúde mental, depressão e prevenção ao suicídio. Eles tiveram a oportunidade de tirar dúvidas e receber orientações.

“Desde 2017, os ministérios da Saúde e da Educação, em convênio com o programa TSE, tem se preocupado muito com a questão da saúde emocional e afetiva. Como no Amapá, nos últimos quatro anos, temos tido inúmeros casos de suicídio, os dois ministérios orientaram que a gente priorize esses temas, com foco principal na saúde integrativa, tendo como eixos principais a saúde emocional e afetiva”, explicou o chefe da Dise, Cairo Pereira.

As ações de Saúde Integrativa nas Escolas vêm sendo feitas desde 2017, sob a orientação do Ministério da Saúde, que avaliou a vulnerabilidade psicológica das crianças em relação ao consumo de conteúdos de cunho violento graças ao fácil acesso por meio da internet. O cronograma trabalha 27 temas direcionados, voltados para os cuidados com a saúde emocional dos educandos, país e profissionais, com foco na prevenção de suicídios; jogos de internet; cultura da paz e inter-relações: civilidade e boas maneiras; conflito de adolescentes com os pais e dentro da escola, dentre outros.

Comentários
Carregando...