POLÍCIA CIVIL PRENDE 39 PESSOAS DURANTE A “OPERAÇÃO MELONGENA” EM SANTANA

A ação contou com a participação dos policiais civis da 2ª Delegacia de Polícia de Santana e com o apoio da equipe do Canil, sendo localizadas 189 pedras de crack através do cão farejador.

0 62

Na manhã desta sexta-feira, 12, a Polícia Civil do Amapá, através da 2ª Delegacia de Polícia de Santana, realizou a “Operação Melongena”, com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão em residências localizadas no “Beco do Berinjela”, no bairro da Área Portuária, no município de Santana.

Durante a ação, 39 pessoas foram presas. Três delas responderão pela prática do crime de tráfico de drogas e, contra as outras 36 pessoas foram lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrência pelo consumo de drogas.

Além disso, foram apreendidas 189 pedras pequenas de crack, 5 isqueiros,  5 cachimbos, celulares e mais de R$ 400,00 (quatrocentos reais) em cédulas de valores diversos.

A operação policial teve o objetivo de combater o tráfico de drogas, neutralizando assim, a ação das pessoas que moram no local, as quais recebem determinada quantidade de drogas diariamente para serem comercializadas.

“Durante as investigações, colhemos elementos informativos de que as quantidades de drogas são levadas diariamente para o local. Sabemos que há alguém maior por trás desse crime, que fomenta essa quantidade diária, e continuaremos investigando”, disse a delegada Luiza Maia, titular da 2ª Delegacia de Polícia de Santana.

A delegada ressaltou ainda, que o “Beco do Berinjela” se tornou um local onde as pessoas compram e consomem drogas, além de servir para o cometimento de outros crimes.

“O “Beco do Berinjela” é uma boca de fumo devido a comercialização de drogas e uma boca de uso porque a droga é consumida no mesmo local em que foi comprada; o próprio traficante fornece cachimbos e isqueiros para o consumo, e ainda,  recebem e/ou penhoram produtos roubados e/ou furtados pela venda das drogas, como jóias, aparelhos celulares. Além disso, esse local abriga foragidos do Iapen, que pagam para serem escondidos lá”, destacou Maia.

A operação contou com a participação de 12 policiais civis da 2ª Delegacia de Polícia de Santana, tendo o apoio da equipe do Canil. O cão farejador foi fundamental na ação, pois localizou a droga.

A operação foi batizada como “Melongela” por ser este um dos nomes científicos da planta que origina o fruto berinjela.

Fonte Original Polícia Civil
Comentários
Carregando...