Poetas Azuis encerram turnê de recital ‘Enquanto a Pele Arrepiar’ com show acústico

Pedro Stkls e Thiago Soeiro apresentam performance pela última vez na quinta-feira (31), em Macapá. Grupo lítero-musical prepara novo trabalho.

0 45

Apenas o som do violão vai dar o tom à despedida do recital ‘Enquanto a Pele Arrepiar’, do grupo lítero-musical amapaense Poetas Azuis. No formato acústico, os poetas-cantores Pedro Stkls e Thiago Soeiro encerram um ciclo de trabalho para lançar ao público nova proposta de show. A última apresentação do recital será na quinta-feira (31), em um bar no Centro de Macapá.

Voz, poesia e violão é a proposta intimista que vai contar com participações dos artistas Ozzy Rodrigues (no violão), Brenda Melo, Alexandra Moraes e Enrico Di Miceli.

Foram cerca de 15 apresentações do recital ao longo de 2018. Mas Pedro Stkls, um dos fundadores dos Poetas Azuis, adianta que na despedida do antigo trabalho terá “pitada” do gostinho da nova produção para este ano.

“Enquanto a Pele Arrepiar foi um processo lindo e bem bacana ao longo desses últimos meses. E a gente decidiu chamar para o show de despedida pessoas que estarão conosco nessa nova empreitada, em 2019. Então a gente está se despedindo, mas já anunciando o novo. Vão rolar algumas canções do novo repertório”, adiantou.

Pedro Stkls, à direita: "Queremos encontrar coisas novas e nos reencontrar" — Foto: Jhenni Quaresma/Divulgação

Pedro Stkls, à direita: “Queremos encontrar coisas novas e nos reencontrar” — Foto: Jhenni Quaresma/Divulgação

Stkls diz que o momento é de ir em busca de coisas novas, deixando as músicas mais “claras e limpas”.

“Por isso a proposta de voz e violão. Queremos encontrar coisas novas e nos reencontrar. Estamos num momento de apreciar ainda mais as letras e as melodias. A despedida é o início de uma nova coisa bonita que está vindo pela frente”, definiu.

E o que vem pela frente é um grande encontro do grupo com compositores amapaenses e quem sabe de outros estados. O projeto ainda está sendo lapidado, mas já tem nome: “O Amor Mora Aqui”. A proposta é reunir oito compositores e oito composições inéditas, que serão gravadas em estúdio e darão início a abertura de nova agenda de shows do grupo.

“O Amor Mora Aqui” é o título do novo trabalho que será lançado este ano pelos Poetas Azuis — Foto: Eudes Vinícius/Divulgação

“O Amor Mora Aqui” é o título do novo trabalho que será lançado este ano pelos Poetas Azuis — Foto: Eudes Vinícius/Divulgação

Poetas Azuis

O grupo lítero-musical surgiu em junho de 2012 no Amapá. Foi criado pelos poetas Pedro Stkls e Thiago Soeiro, em parceria com o produtor musical Igor de Oliveira. A poesia-musical dos Poetas Azuis tem como principais influências o folk, MPB e o marabaixo (dança tipicamente amapaense). As letras abordam temas como amor, saudade, solidão e histórias do cotidiano.

Serviço

Recital “Enquanto a Pele Arrepiar”, do grupo Poetas Azuis
Local: Bar do Vila (Avenida Mendonça Furtado, nº 596, bairro Central)
Data: 31 de janeiro (quinta-feira)
Horário: 21h30
Couvert Artístico: R$ 3
Classificação: 16 anos

Fonte Original G1-AP
Comentários
Carregando...