Operação Cícero II investiga esquema de fraudes nas eleições de 2018

PF investiga captação ilícita de votos nas eleições de 2018, no Amapá

0 80

A Polícia Federal deflagrou hoje (9/4) a segunda fase da Operação Cícero, com objetivo de combater esquema criminoso de captação ilícita de votos durante o primeiro turno das eleições gerais de 2018, em Macapá/AP.

Policiais federais dão cumprimento a oito mandados de busca e apreensão, na cidade de Macapá/AP, expedidos pela Justiça Eleitoral.

A partir da análise dos materiais e equipamentos colhidos na primeira fase da Operação Cícero, foi apurado que uma deputada federal eleita orientava os demais integrantes do esquema sobre a entrega de vantagens em troca da obtenção de votos. Ao menos R$ 200 mil foram empregados na captação ilícita de votos.

Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de associação criminosa, compra de votos e transporte coletivo de eleitores. Se condenados, poderão cumprir pena de até 13 anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá

MAIS INFORMAÇÕES NO PORTAL SELESNAFES.COM

Fonte Original Polícia Federal
Comentários
Carregando...