Novos abrigos de ônibus são alvos de reclamações por usuários do transporte público no AP

 Novos abrigos de ônibus são alvos de reclamações por usuários do transporte público no AP
Os novos abrigos para passageiros que aguardam pelos ônibus da linha intermunicipal ainda nem ficaram totalmente prontos e já estão sendo alvo de inúmeras reclamações por parte de quem utiliza diariamente o serviço de transporte público entre as duas maiores cidades amapaenses. 
Os abrigos – que consistem numa estrutura metálica com um largo banco e cobertura superior – estão sendo erguidos em pontos em que já funcionam como parada de ônibus da linha Macapá-Santana, seguindo um acordo feito entre a única empresa de transporte público que explora o itinerário (Sião Thur) e o Ministério Público do Amapá. 
Assentos ficam fora da linha da cobertura
Ao todo, são dez paradas de ônibus a receberem os novos abrigos, mas que já estão gerando diversas reclamações de quem espera pelos coletivos nesses locais. 
Um desses abrigos semiacabados está localizado na Avenida Princesa Izabel, quase de esquina com a Rua Garrastazu Médici, no bairro Paraíso, área norte de Santana. 
Vazamento impede pessoas de usar o assento

Quem passa no local, observa um abrigo que aparentemente já oferece condições para acomodar qualquer usuário, onde ali contém um banco e uma cobertura para evitar a chuva. 

Mas o aposentado Aldenor Gonçalves, de 62 anos, mostrou à nossa equipe que a estrutura oferece várias falhas físicas, que colocam até mesmo a vida dos usuários em risco.

“Qualquer um ver que o banco não foi colocado direito e as colunas nem sequer foram parafusadas direito no chão. Isso pode cair em cima de qualquer pessoa que estiver sentado aqui”, alertou o aposentado, que preferiu se abrigar fora dessas paradas, com receio de ser atingido pela queda da tal estrutura. 

Apesar de outros abrigos também estarem passando pelo processo de instalações, usuários usaram das redes sociais para questionarem sobre tais paradas de ônibus. 

“Se for pra construir uma parada de ônibus balela, melhor ficar do jeito que tá”, disse um internauta. 

“Quando achamos que o negócio vai melhorar, constroem essas porcarias de paradas e nós que nos viramos se quisermos ficar debaixo delas”, reclamou outro internauta. 
O blog tentou contato com a gerência da empresa de ônibus, que fica localizada em Santana, mas não obtivemos êxito em relação à instalação e a segurança sobre esses novos abrigos que estão sendo montados.
Comentar no Facebook !

Notícias Relacionadas