Lei Seca aborda mais de 760 motoristas e flagra 23 sob efeito de álcool

Operação no fim de semana nas zonas sul e norte de Macapá mostrou queda no número de motoristas dirigindo sob efeito de álcool.

0 364

Três por cento dos motoristas abordados no período de 8 a 14 de julho, durante mais uma operação Lei Seca, estavam sob efeito de álcool. O percentual representa 23 condutores de um universo de 764 submetidos ao teste do etilômetro.

A operação aconteceu em pontos estratégicos das zonas sul e norte de Macapá, e demonstram queda no número de motoristas flagrados dirigindo sob efeito de álcool.

“Percebemos que cada vez mais condutores estão se conscientizando de que não vale a pena pegar na direção após consumir bebida alcoólica. O aumento no número de operações e a multa pesada para quem for flagrado nessa situação são alguns dos pontos que vêm contribuindo para essa redução”, observou o coordenador da Lei Seca, major Rondinelle Marques.

Segundo ele, dos motoristas flagrados na mistura de álcool e direção, 14 eram homens e 9 mulheres.

A operação, coordenada pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran), flagrou, ainda, 43 condutores enquadrados em outros artigos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Houve a apresentação de um motorista na delegacia, pelo crime de embriaguez ao volante, e de outro condutor flagrado por adulteração de chassi de um veículo.

Festa de São Tiago

A coordenação da Lei Seca divulgou que intensificará as operações durante a festividade de São Tiago, que acontece tradicionalmente em Mazagão Velho. O objetivo, segundo o coordenador da Lei Seca, visa coibir crimes de trânsito e demais ilícitos, orientar condutores, garantir a segurança no trânsito e fiscalizar motoristas que estejam dirigindo sob efeito de álcool.

Comentários
Carregando...