IBGE prevê que produção de cereais e grãos na safra de 2019 chegue a 60 mil toneladas no AP

Estimativa teve queda de 3,4% ao longo do primeiro semestre.

0 445

A produção agrícola de cereais, grãos e oleaginosas do Amapá deve atingir pouco mais de 60.287 toneladas em 2019. Essa é a nova previsão do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cuja estimativa sofreu uma queda de 3,4% no primeiro semestre, especificamente entre abril e maio.

A perspectiva faz parte do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), cujas informações mais recentes são referentes a junho e foram divulgadas este mês. A estimativa é elaborada mensalmente pelo órgão e aponta a possibilidade de elevação ou queda de acordo com a produção.

A soja foi responsável por mais de 90% da produção agrícola de cereais, grãos e oleaginosas do Amapá no ano passado e ela segue na liderança este ano.

Produção estimada de cereais, leguminosas e oleaginosas no Amapá

Entre o fim de 2018 e o início do ano, o IBGE sinalizou que a produção poderia bater novo recorde de safra de soja em 2019, um crescimento de 10,7% na colheita e atingindo 59,5 mil toneladas.

Em janeiro os estudos apontavam uma produção de grãos, cereais e oleoginosas de 62,4 mil toneladas. Mas, em abril, o órgão apontou um número cerca de 2 mil toneladas a menos.

Com relação às áreas para plantio e colheita, o instituto prevê que 24 mil hectares sejam usadas para a produção. A estimativa é 2% maior que a anunciada para 2018, segundo o LSPA.

O mercado do grão coloca o Amapá na sexta posição entre os estados da Região Norte, tanto em relação aos espaços para produção, quanto à colheita.

Soja equivale a mais de 90% da produção de grãos do estado — Foto: Divulgação/Aprosoja

Soja equivale a mais de 90% da produção de grãos do estado — Foto: Divulgação/Aprosoja

Informações do G1-AP

Comentários
Carregando...