Com o objetivo de promover a conscientização para prevenção, MP-AP co-realiza 4ª Corrida Contra o Câncer

 Com o objetivo de promover a conscientização para prevenção, MP-AP co-realiza 4ª Corrida Contra o Câncer

O Ministério Público do Amapá (MP-AP) foi co-realizador da 4ª Corrida Contra o Câncer, realizada neste domingo (24), em Macapá. A prova, realizada pela ONG Carlos Daniel, teve como objetivo promover a conscientização para prevenção do câncer e arrecadar recursos para que a organização não governamental execute suas ações de combate à doença.WhatsApp Image 2019 11 24 at 11.03.57 1

A ONG Carlos Daniel ajuda crianças e adolescentes na luta contra o câncer e visa estimular ações solidárias, destacando a importância dessas atitudes para a construção de uma sociedade melhor, menos desigual e mais justa. Além da corrida, o evento contou com uma ação de saúde, ofertando serviços de vacinação e testes rápidos, buscando proporcionar à população uma manhã de lazer e prevenção à saúde.

O presidente da ONG e organizador do evento, Agenilson Pereira, agradeceu o apoio do MP-AP como co-realizador da corrida. “Esse evento é um momento de saúde, esporte e lazer e o mais importante que é o combate ao câncer. Agradeço o apoio do Ministério Público e demais parceiros, que abraçaram a causa”, frisou Agenilson Pereira.

WhatsApp Image 2019 11 24 at 11.03.56O evento contou com a participação do campeão da Corrida de São Silvestre de 1997, Émerson Iser Bem, apoiador do evento. O pai do corredor triatleta especial, Gabriel Rocha – também conhecido como Biel -, o maratonista Rodrigo Rocha, salientou a importância da prova. “Para cada lugar que a gente vai, é uma corrida diferente, uma sensação diferente e nessa além da competição temos a ação social pela causa contra o câncer. Estamos felizes em participar de uma prova com um objetivo tão importante”, comentou Rodrigo Rocha.WhatsApp Image 2019 11 24 at 11.03.57

A procuradora-geral do MP-AP, Ivana Lúcia Cei, esteve presente no evento acompanhada do secretário-geral do Ministério Público do Amapá, promotor de Justiça Paulo Celso Ramos. A PGJ a iniciativa da ONG de incentivar a prática de atividades físicas por meio da corrida e na luta contra o câncer. “O combate ao câncer no estado do Amapá é de suma importância para o Ministério Público, onde a Promotoria de Saúde teve a iniciativa de fazer essa parceria de co-realizarmos esta corrida. Em 2020, o MP-AP seguirá parceiro da prova, com o um apoio mais forte ainda”, destacou Ivana Cei.

WhatsApp Image 2019 11 24 at 11.03.56 1Ao final da corrida, alguns kits de frutas que o MP-AP distribuiu aos participantes da prova, foram doados para o abrigo São José.

Também apoiaram o evento a Prefeitura Municipal de Macapá (PMM) e a Vara de Execuções Penais do Poder Judiciário. O contador e maratonista Paulo Penha Tavares elogiou a iniciativa e reforçou a importância da prática esportiva.WhatsApp Image 2019 11 24 at 11.04.00

“O exercício físico é sinônimo de saúde e a corrida incentiva isso. Aqui no Amapá há uma necessidade de que os órgãos públicos apoiem esse tipo de iniciativa, pois como ainda não existe um apelo comercial para a essa prática esportiva, não conta com o apoio empresarial. Com o envolvimento das entidades públicas, a iniciativa privada perceberá a importância dente incentivo. Portanto, parabéns aos agentes públicos pelo apoio na realização”, comentou o maratonista.

Corrida, percurso e premiação

A corrida saiu do Parque do Forte (Lugar Bonito), percorreu a Avenida Beira Rio, seguindo pela Rua Jovino Dinoá, passando pela Avenida Desidério Antônio Coelho, e volta para a Avenida Beira Rio finalizando no ponto de largada. Ao todo, cerca de 900 corredores participaram da prova.

As premiações ficaram designadas como: Geral, Cadeirante e Deficiente Visual. Para a corrida Geral, o 1° colocado ganharam R$ 800 mais troféu, o 2° lugar recebeu R$ 600 mais troféu e o 3° colocado foi premiado com R$ 400 mais troféu. Nas categorias Cadeirante e Deficiente Visual, os prêmios são os mesmos para os respectivos 1°, 2° e 3° lugar.

Vencedores da 4° Corrida Contra o Câncer

Cadeirantes masculino:

1 – Ralberdan Nascimento Rodrigues
2 – Aristeu Ferreira dos Santos
3 – Josean Abreu da Silva

Cadeirantes feminina

1 – Erilene Gomes Paiva
2 – Irene dos Santos Gomes

Deficiente visual masculino:

1 – Gilson Machado Silva
2 – Cleison Afonso Silva Almeida
3 – Rudinei da Silva e Silva

Deficiente visual feminino:

1 – Edinelza Brito Amorim
2 – Elisangela da Silva e Silva
3 – Marcia Cristina de Almeida Olivira

Classificação Geral Masculino:

1 – Lucas Santos dos Santos
2 – José Maria Arruda de Almeida
3 – Thiago Henrique Matias
4 – Rosivaldo Moreira da Silva
5 – Antônio Cosmo Silva Oliveira

Classificação Geral feminino:

1 – Risonete dos Santos Moura
2 – Adriana Lopes Farias
3 – Rosilda Pereira Brito
4 – Deuzicleia dos Santos Araújo
5 – Cleidiane Gama Pereira

SERVIÇO:

Elton Tavares – Diretor de comunicação
Texto: Vanessa Albino e Nelson Carlos
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: asscom@mpap.mp.br

Comentar no Facebook !

Notícias Relacionadas