Associação Amigos do Esporte trabalha a formação social de crianças e adolescentes em Laranjal do Jari

 Associação Amigos do Esporte trabalha a formação social de crianças e adolescentes em Laranjal do Jari
O esporte, atividades culturais e educação são fundamentais para realizar a integração social. Em Laranjal do Jari, a Associação Amigos do Esporte vem engajando crianças e adolescentes sobre a importância da construção de uma carreira profissional, o papel da família na educação e a proteção social de crianças e adolescentes. A iniciativa, apoiada pela Empresa Cachoeira Caldeirão, atende atualmente mais de 100 crianças e adolescentes, entre 7 e 17 anos.

A entidade realiza atividades de segunda à sábado, com prática de esporte como vôlei, futsal, ping pong, basquete, e até exibição de filmes ao ar livre. A associação também realiza eventos para debater temas como qualificação profissional, preparo para as primeiras entrevistas de emprego, trabalho em equipe, comportamento no ambiente de trabalho e ética.

No próximo dia 23, por exemplo, a Associação Amigos do Esporte realiza uma palestra “Família x Amor — diferenças e semelhanças”, aberta ao público e que faz parte do projeto “Amigo Profissional”, voltada a adolescentes e jovens de toda a região.

“Esse recurso é um marco porque nunca tínhamos conseguido nenhum recurso com esse volume, apenas doações individuais Isso fortalece as nossas atividades. Em outros momentos, chegamos a paralisar as atividades porque não tínhamos esse tipo de apoio. Isso é muito importante para essa comunidade porque não temos aqui estruturas como praças, quadras ou áreas de lazer. A associação se torna assim uma alternativa de resgate para crianças e adolescentes da região”, destaca Gleice Gomes Batista, diretora-executiva da associação.

A empresa de Energia, Cachoeira Caldeirão, por meio do seu Edital de apoio a projetos sociais, está aplicando recursos para outras duas iniciativas no Amapá. Uma delas é o Projeto Vagalume, que consiste na instalação de bibliotecas comunitárias em toda a região da Amazônia, promovendo o acesso à leitura e incentivando principalmente a literatura infantil. A EDP fomenta a iniciativa nos municípios de Laranjal do Jari e Ferreira Gomes, para iniciar a instalação de uma biblioteca em cada cidade.

Já o projeto Norteando Arte realiza a capacitação para 20 jovens atores. Esses alunos passam por ativides que envolvem arte circense como malabares e perna de pau, rodas de leitura. As aulas são ministradas por profissionais qualificados e pesquisadores com experiência no setor cultural.

Sobre IEDP
Desde que foi fundado em 2008, o Instituto EDP investiu mais de R$ 100 milhões em projetos socioculturais, que beneficiaram cerca de três milhões de pessoas, em cerca de 400 programas espalhados por todo o País. Somente em 2018, iniciativas apoiadas pela organização favoreceram 80 mil moradores das comunidades do entorno das áreas de atuação da Companhia. O Instituto EDP tem como responsabilidade estruturar os investimentos e as iniciativas sociais da EDP em frentes ligadas à valorização da Língua Portuguesa, à educação, ao desenvolvimento local com geração de renda, ao empreendedorismo e ao voluntariado, por meio do esporte, cultura e saúde.

Contatos:

imprensa@llorenteycuenca.com

3054-3330
3054-3312

Comentar no Facebook !

Notícias Relacionadas